[Resenha] Por Isso a Gente Acabou - Daniel Handler

Título: Por Isso a Gente Acabou
Autor: Daniel Handler
Editora: Cia. das Letras
Nº de Páginas: 368

Sinopse: Por isso a gente acabou trata, com a comicidade típica do autor, de uma situação difícil pela qual todos um dia irão passar: o fim de uma relação amorosa e toda a angústia, tristeza e incerteza que essa vivência pode gerar. Min Green e Ed Slarteron estudam na mesma escola e, depois de apenas algumas semanas de convívio intenso e apaixonado, acabam o namoro. Depois de sofrer muito, Min resolve, como marco da ruptura definitiva, entregar ao garoto uma caixa repleta de objetos significativos para o casal junto com uma carta falando sobre cada um desses objetos e do episódio que ele representou, sempre acrescentando, ao final, uma nova razão para o rompimento. Essa carta é o texto de Por isso a gente acabou, que é, assim, carregado de um tom informal e tragicômico - características da personagem - e traduz com um misto de simplicidade e profundidade a história de uma separação. Imerso neste universo adolescente, o leitor conhecerá a divertida personalidade de Min, uma garota apaixonada por filmes cujo sonho é ser diretora de cinema, e as idas e vindas deste romance, desde o dia em que os dois conversaram pela primeira vez até o instante em que tudo acabou. A artista Maira Kalman, autora de diversas capas da revista The New Yorker, ilustrou cada um dos objetos da narrativa, trazendo cor e descontração a esta história dolorida.




Por isso a gente acabou é uma carta, uma gigantesca que dá até para fazer um livro (piadinhas à parte). Min nossa protagonista e escritora da carta, nos conta com os seus mais profundos sentimentos, cada detalhe de todo o seu relacionamento com Ed Slaterton e o porque deles terem acabado.


"Estou contando por que a gente acabou, Ed. Estou escrevendo, nesta carta, toda a verdade sobre o que aconteceu. E a verdade é que, porra, eu te amei demais" (p. 9).

O livro é bem grande (368 páginas) e cheio de ilustrações que mostram cada objeto que Min guardou do "namoro" em uma caixa e que agora está devolvendo à Ed. As folhas são brancas o que cansam um pouco a vista, e que contribuíram um pouco para que a leitura não seja tão rápida.
Ao decorrer do livro até cheguei a gostar de Ed e torcer para que tudo ficasse bem no final, mas quando fui chegando mais ao final perdi as esperanças e voltei à realidade do livro e sua função: contar a causa do fim do namoro.


"Agora chegamos no fundo, quase vazio. Parecem confetes, aqueles restos ressecados que você encontra na rua de uma festa para a qual não foi convidada. Mas eu reconheço que já tinham feito parte de algo lindo" (p.333). 

Uma coisa que me atrapalhou um pouco durante a leitura foi que Min cita muitos filmes totalmente desconhecidos, à toda hora ela compara o que aconteceu com a cena de um filme. Mas no geral gostei muito do livro, os personagens achei alguns bem construídos e outros gostaria que tivesse mais explicação sobre eles. Mas como o livro é do Daniel Handler ou como podemos chama-lo Lemony Snicket escritor de Desventuras em Série, nem tudo precisa ser perfeitamente explicado, podemos permitir algumas coisas sem pé nem cabeça. Indico esse livro super fofo e ao mesmo tempo nem um pouco para todos que adoram uma história feliz que não tem um final tão feliz assim e para todas aquelas pessoas apaixonas, para pensarem um pouco se não estão envolvidas demais e se esquecendo de seus amigos. Beijos 

4 comentários:

  1. Oie tudo joia?
    Conhecendo o blog hoje rsrs
    Gostei de sua resenha,mais de 300 páginas é bem grandinho mesmo.Só o título me chamou atenção.
    Também não gosto de quando cita filmes que não vi e nem conheço,sendo assim sou obrigada a pesquisar depois rsrs.
    Já segui e curti a página (=
    vem seguir? tem um BT também no blog se gostar aproveite e participe \o/
    bjus
    Tamires C.
    http://de-tudo-e-um-pouco.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi! Tô lendo esse livro! Comecei a duas semanas na verdade, mas tô lendo outros junto porque nao consigo ficar muito nele. As paginas brancas cansam DEMAIS minha vista. Chega a me dar dor de cabeça! mas eu to gostando do livro, principalmente das imagens!

    Beijokas
    escolhasliterarias.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente cansam muito a vista Amanda. Beijos

      Excluir

Layout feito por Estela Gois © Todos os direitos reservados - Tecnologia do Blogger